Sexta, 04 de Dezembro de 2020
Seu bolso
Caixa paga nova parcela para 18,8 milhões de pessoas esta semana; veja calendário
Imagem: Reprodução
Publicado em 25/10/2020

A Caixa Econômica Federal (CEF) vai pagar nova parcela do auxílio emergencial para 18,8 milhões de pessoas esta semana. E os depósitos começam a ser feitos neste domingo (25) para 3,7 milhões de beneficiários nascidos em setembro. Eles vão receber alguma parcela – da primeira até a sexta – no valor de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família) ou de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família).

Os pagamentos para os cadastrados no programa via Cadastro Único, aplicativo e pelo site do auxílio emergencial, seguem o calendário dos Ciclos criado pelo Ministério da Cidadania. Deste grupo – em lote válido pelo Ciclo 3 -, 3,6 milhões de nascidos em outubro e 3,5 milhões de nascidos em novembro vão receber alguma parcela na quarta (28) e na quinta-feira (29), respectivamente.

Confira quem recebe e quem pode sacar o auxílio emergencial nesta semana

Domingo (25) – 3,7 milhões de beneficiários nascidos em setembro vão receber nova parcela de R$ 600 ou de R$ 300
Segunda (26) – 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 6 vão poder sacar a sétima parcela
Terça-feira (27) – 3,8 milhões de nascidos em dezembro vão poder sacar parcela recebida em 30 de setembro e 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 7 vão receber a sétima parcela
Quarta-feira (28) – 3,6 milhões de nascidos em outubro vão receber nova parcela de R$ 600 ou de R$ 300 e 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 8 vão poder sacar a sétima parcela
Quinta-feira (29) – 3,5 milhões de nascidos em novembro vão receber nova parcela de R$ 600 ou de R$ 300 e 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 9 vão poder sacar a sétima parcela
Sexta-feira (30) – 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 0 vão poder sacar a sétima parcela
Os beneficiários do programa Bolsa Família seguem recebendo a sétima parcela do auxílio emergencial de R$ 300. De segunda (26) até sexta-feira (30), 8 milhões de pessoas que pertencem ao Bolsa vão poder sacar a quantia.
O calendário de pagamentos do Bolsa Família segue a ordem do dígito final do número do NIS, habitual do programa. Nesta segunda, recebem 1,6 milhão de beneficiários com NIS de final 6 e assim por diante (veja calendário completo do Bolsa Família abaixo).

Saques e transferências na semana
Ainda nesta semana, o banco vai permitir o saque do auxílio emergencial para 3,8 milhões de pessoas que receberam o depósito em Conta Poupança Social Digital em 30 de setembro.

Na terça-feira (27), os nascidos em dezembro vão poder tirar ou movimentar o dinheiro, encerrando o Ciclo 2 de pagamentos e saques do auxílio emergencial.

Como realizar o saque em dinheiro?
Para realizar o saque em dinheiro do auxílio emergencial é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção saque sem cartão e gerar o código de saque.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular. O código, que tem validade de uma hora, deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas casas lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Pelo aplicativo Caixa Tem também é possível transferir o dinheiro para outra conta, mas o limite para movimentação é de até R$ 600 por dia.

Confira quantas parcelas do auxílio emergencial extensão você vai receber
Quem recebeu a primeira parcela em abril terá direito a mais quatro parcelas
Quem teve o auxílio aprovado em maio vai receber mais três parcelas
Quem recebeu a primeira parcela em junho ganha mais duas parcelas
Quem recebeu a primeira parcela em julho vai receber só mais uma parcela
Quem pertence ao programa Bolsa Família vai receber todas as quatro parcelas residuais de R$ 300
O Ministério da Cidadania divulgou o calendário da extensão do auxílio emergencial de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família) para os beneficiários que não estão no programa Bolsa Família e definiu todas as datas para o pagamento do benefício até dezembro.

O governo manteve o sistema de pagamentos e saques por ciclos e por mês de nascimentos dos beneficiários, mas alterou os ciclos 3 e 4 e criou os ciclos 5 e 6. O calendário de depósitos vai até 29 de dezembro e o de saques e transferências vai até 27 de janeiro de 2021.

Outra mudança é que nem todos os beneficiários considerados elegíveis nas cinco primeiras parcelas vão receber todas as parcelas do auxílio residual: 27 milhões de pessoas vão receber alguma das quatro parcelas da ajuda de R$ 300 ou R$ 600.

Os novos critérios foram definidos pelo governo e publicados na Medida Provisória publicada em 2 de setembro e endureceram as regras para as novas parcelas do auxílio.



Por: Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados - Sistema de reprodução de conteúdos