Sexta, 22 de Janeiro de 2021
COVID-19
Bolsonaro lamenta 200 mil mortes, mas sugere que nem todas foram por coronavírus
Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil
Publicado em 08/01/2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou as mais de 200 mil mortes registradas no Brasil em virtude da pandemia do novo coronavírus, mas sugeriu que nem todas tenham sido causadas pela Covid-19. Em live na noite desta quinta-feira (07), o militar reformado disse que muitas das mortes foram “com Covid e outras de Covid”

“A gente lamenta hoje, que estamos batendo aí 200 mil mortes, muitas dessas mortes com Covid e outras de Covid, temos uma linha de corte e no tocante é isso daí, mas a vida continua. A gente lamenta profundamente. Eu estou preocupado com minha mãe que tem 93 anos de idade, se ela contrair o vírus ela vai ter dificuldade pela sua idade, mas temos que enfrentar isso aí”, afirmou.

“Não adiantar apenas continuar como alguns querem continuar com aquela velha história de ‘fique em casa, que a economia a gente vê depois’. Isso não vai dar certo. Vai ser um caos no Brasil. Pode levar as condições mais dramáticas ainda do que as consequências do vírus”, continuou.

Na sequência, o presidente afirmou que o Brasil não pode ser transformado “em um país de pobres, um país de desempregados, um país sem PIB, um país endividado”. “Um país tão rico como o nosso a população sendo empobrecida por decisões de alguns. Lamentamos as mortes, a vida continua e pedimos a deus que abençoe o nosso Brasil”, finalizou.

Por: Paloma Teixeira
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2021 © Todos os direitos reservados - Sistema de reprodução de conteúdos