Sexta, 29 de Maio de 2020
COVID-19
Bolsonaro volta a promover aglomeração após país ultrapassar 6 mil mortos por coronavírus
Imagem: Reprodução/Twitter
Publicado em 03/05/2020

Sob a marca de mais de 6 mil mortos por coronavírus e mais de 91 mil casos registrados no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a provocar aglomeração e a descumprir orientações das autoridades sanitárias.

Em uma viagem sem aviso em sua agenda deste sábado (2), o presidente foi com a comitiva à cidade de Cristalina (GO), onde tornou a repetir críticas aos governadores por causa do isolamento social determinado nos estados.

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o comboio presidencial parou em um posto de gasolina, chamado JK, onde Bolsonaro comeu pastel e tomou café.

No local, segundo mostram imagens divulgadas por um apoiador, o presidente parou para fazer fotos e abraçou simpatizantes, inclusive um idoso, colocou a mão no ombro das pessoas, entre outras coisas que contrariam as regras recomendáveis de distanciamento social.

“Estão destruindo o emprego no Brasil de forma irresponsável, até porque a curva (do vírus) não tem achatado. Vamos tomar cuidado, usar máscara”, disse Bolsonaro na ocasião.

Embora usasse proteção , o presidente contrariava as orientações ao retirá-la por diversas vezes para conversar com os simpatizantes.

“Esse vírus vai pegar mesmo, não tem como fugir”, disse.

Ao ouvir a reclamação de uma pessoa sobre demissões, o presidente respondeu: “Quem decide é o governador. Se depender de mim, está funcionando”.

Por: Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados - Sistema de reprodução de conteúdos