Quinta, 21 de Novembro de 2019
Praias com óleo
Homem relata incômodo após banho de mar: "Queimando muito"
Imagem: Reprodução / Internet
Publicado em 05/11/2019

O empresário Anderson Gabriel Palmela, 38 anos, deu entrada no Pronto Atendimento da Zona Sul de Ilhéus, na tarde deste sábado (2), com queimaduras no corpo após tomar banho de mar na Praia dos Milionários, também localizada na Zona Sul. Segundo o enfermeiro coordenador da Vigilância de Saúde Ambiental, Gleidson Souza Santana, o paciente relatou que sentiu o incômodo ainda no mar, “que estava limpo”.

Segundo informações ao Correio da Bahia, o rapaz percebeu que os sintomas pioraram. “Meu corpo começou a coçar e queimar muito no mar. Quando cheguei em casa, no banho, a água ficou escura no chão e oleosa, mas na praia eu não vi óleo. À noite, quando voltei com o secretário de saúde pra mostrar onde estava tomando banho, vimos fragmento de óleo na areia”, relatou.

O empresário mineiro, que está visitando o tio em Ilhéus, deu entrada no Pronto Atendimento por volta do meio-dia de sábado (2), com o corpo marcado por manchas e bolhas. Ainda sem previsão de voltar para casa, Anderson só deseja ficar bom. “Quero saber como melhorar isso. Só sei que meu corpo está queimando muito, moça”, resume o empresário, que ainda se recupera na casa do tio.

Apesar das investigações, o coordenador da Vigilância de Saúde afirmou que não há como relacionar o caso com a presença de óleo nas praias do Nordeste. “A partir da notificação do caso dele, que foi isolado, a Vigilância investiga e alimenta o sistema. Além disso, liga para o Centro de Toxicologia para informar sobre o caso e faz o monitoramento do paciente pelo menos uma vez por dia”, explica Santana.

Segundo o enfermeiro, será feita uma nova bateria de exames, como de sangue e urina, para saber a causa das manchas e queimaduras. Enquanto as investigações não identificam a origem do problema, a orientação que a Vigilância dá para a população é “evitar o contato com o óleo, porque existem sintomas pelo contato dermatológico, por inalação e ingestão”, explica.

Por: Voz da Bahia
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados - Sistema de reprodução de conteúdos